SEJAM BEM-VINDOS

QUAL ARGAMASSA DEVO USAR NA MINHA OBRA?

15/02/2019

Saiba qual argamassa você deve usar em cada etapa da sua obra, e confira 9 dicas para aplicação da argamassa.


O que são argamassas?

As argamassas são utilizadas em muitas etapas ao longo da obra. Algumas vezes usamos a argamassa para unir materiais, como é o caso no assentamento de tijolos, pisos e revestimentos. Outras vezes, usamos a argamassa para impermeabilizar, nivelar e regularizar superfícies, como no reboco, emboço e contrapiso.

Todas as argamassas são obtidas através da mistura do cimento, areia, cal ou aditivo e água. Porém, para cada aplicação existe uma proporção certa destes ingredientes. Por exemplo, a argamassa do reboco tem mais areia do que a argamassa colante utilizada em azulejos.

Para cada faze da obra utilizamos a argamassa apropriada. Para escolher a argamassa certa você deve considerar o material do revestimento, o tamanho da peça e o local onde será instalado. Existem no mercado três tipos de argamassas colante.

Tipo de Argamassa

Aplicação

   

Argamassa AC-I

Indicada para ambientes internos. Pode ser utilizada em áreas secas ou molhadas protegidas do sol, como banheiros e cozinhas.

Argamassa AC-II

Pode ser utilizada em ambientes internos e externos. Ela é capaz de absorver as variações de temperatura, umidade e ação do vento. Por isso é recomendada para fachadas, pisos em áreas externas e revestimento de piscinas de água fria.

Argamassa AC-III

É a mais aderente de todas e é indicada para peças maiores do que 60x60cm. Pode ser utilizada em ambientes internos e externos e é indicada para aplicação de revestimentos em fachadas, piscinas de água quente e sauna.

     

 

Além de revestimentos cerâmicos, o a argamassa colante também pode ser utilizado no assentamento de porcelanato pedrasmármores e granitos. Ao ser misturada com água, resulta em uma massa adesiva, de boa elasticidade e trabalhabilidade.

Na hora de especificar este tipo de argamassa, é necessário considerar o ambiente de aplicação, interno ou externo, e as variações de temperatura. Além disso, a superfície onde o produto será aplicado, parede ou piso, e o tipo de revestimento também são pontos que devem ser levados em conta na hora da escolha.

 

9 DICAS PARA APLICAR ARGAMASSA

O procedimento para aplicação da argamassa depende do tipo de produto, entretanto o preparo segue alguns passos:

  1. A superfície deve estar limpa, íntegra, sem desagregações ou contaminantes, como óleos e graxas. 

2- É recomendada a lavagem prévia com jato de água ou areia. 

3- Caso haja trincas ou fissuras, é preciso providenciar correções prévias. As cavidades ou nichos existentes na superfície do concreto necessitam ser preenchidas com impermeabilizante de camada grossa. 

4- No caso de blocos de concreto, as juntas de assentamento devem ser preenchidas de maneira a regularizar a base. 

5- A passagem de elementos através da impermeabilização deve ser evitada. Quando existir, é recomendável executar cuidadosamente todos os detalhes, como ralos, rodapés, passagem de tubulações, entre outros. 

6- Cantos e arestas precisam ser arredondados com impermeabilizante camada grossa, com raio mínimo de 8 cm. 

7- As juntas de movimentação devem ser previstas com espaçamento correto e executadas para superfícies planas e paralelas.

8- A quantidade necessária de água normalmente está indicada na embalagem de cada produto. “Em alguns casos, após a mistura, deve-se deixar a massa descansando por 15 minutos para os aditivos reagirem”, lembra Matsumoto, destacando que todo produto à base de cimento deve ser utilizado entre 2h e 2h30 após seu preparo, desde que não sejam utilizados aditivos. “Após esse período, a argamassa tem que ser descartada”, adverte Matsumoto.

9- Durante a aplicação, as argamassas colantes necessitam de atenção especial, pois são subdivididas em duas categorias: a simples e a dupla. “A colagem simples acontece quando a peça tem tamanho máximo de 30x30. Nesse caso, a argamassa pode ser aplicada na parede ou na peça. Em peças maiores, a dupla colagem se torna necessária: e nada mais é do que aplicar a argamassa na peça e também na superfície onde será aplicada”, afirma Matsumoto

 

UA-140926563-1